Feeds:
Posts
Comentários

Prêmio Jovens Profissionais 2011

VEM GENTE!!!

 

Serão premiados nesta quinta-feira, 15 de setembro, às 19h30, em cerimônia no MCB (Museu da Casa Brasileira), os trabalhos selecionados no prêmio “Jovens Arquitetos”, promovido pelo IAB (Instituto de Arquitetos do Brasil) em parceria com o museu.

 

O prêmio, em sua décima edição, tem como objetivo estimular e divulgar os trabalhos de jovens arquitetos, além de incentivar o debate sobre a
arquitetura contemporânea brasileira. Este ano a competição premiou arquitetos com até 40 anos de idade nas categorias “Arquitetura”, “Urbanismo” e “Ensaios críticos”.

 

Os trabalhos contemplados estarão expostos no museu até o dia 16 de outubro.

 

O MCB funciona de terça-feira a domingo, das 10h às 18h e os ingressos custam R$ 4,00, havendo meia entrada. Aos domingos e feriados a entrada é franca. O museu fica na Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 (Jardim Paulistano), São Paulo. Mais informações pelo telefone (11) 3032-3727 ou no site: www.mcb.org.br.

 

Via SINAL – ESDI

Estão abertas, até o dia 26 de setembro, as inscrições para a terceira edição do “Premio Lissone Design 2011”, organizado pela comuna italiana de Lissone.

 

O concurso, cujo tema é “Street Furniture Design” receberá elementos constituintes do mobiliário urbano, que proporcionem uma variedade funcional e que se adaptem às diversas necessidades dos espaços públicos, podendo incorporar as novas funções emergentes do ambiente urbano.

 

Os módulos propostos devem ter como medidas máximas 2 x 3m de base por 3m de altura.

 

As inscrições são gratuitas e o concurso é aberto a profissionais e estudantes de design, arquitetura ou engenharia, que, no ano de 2011, não tenham ainda completado 36 anos, podendo-se participar individualmente ou em grupo. O projeto deve ser inédito, não sendo permitidos trabalhos em produção ou que tenham participado de outros concursos.

 

Os prêmios para os três primeiros colocados são, respectivamente, € 5 mil, € 3.500 e € 1.500, além da produção dos três protótipos. Todos os projetos serão incluídos em publicação e DVD entregues na mostra do concurso.

 

O júri será formado por arquitetos e designers, além de membros da comunidade de Lissone. Os critérios de julgamento serão a originalidade, qualidade de apresentação, facilidade de produção, baixo impacto ambiental e simplicidade construtiva e de montagem.

 

As propostas, postadas até a data limite, devem ser recebidas na cidade italiana até as 12h00 do dia 7 de outubro. Mais informações, regulamento e inscrições no site: www.comune.lissone.mb.it.

 

Via SINAL – ESDI

Se eu fosse vocês, não perderia POR NADA:

 

Workshops de design: estratégia, tendências e sustentabilidade no SENAC Santa Cecília

 

O objetivo das atividades é apresentar através de uma série de visões teórico práticas, que serão estimuladas pela experiência criativa de renomados profissionais – Marcelo Teixeira e Christian Ullmann – a expressão de uma nova estética brasileira aplicada ao desenvolvimento de produtos, ambientes e serviços.

 

Público-alvo: Estudantes e profissionais das áreas de arquitetura, design industrial, design de interiores, design gráfico, design de moda, design de multimídia, artes plásticas, publicidade e propaganda, meio ambiente.

 

Workshop Design como Estratégia, com Marcelo Teixeira
Data e horário: 21/10/2011 das 9 às 17 horas (intervalo de 1 hora para almoço)
Preço: R$ 60,00
Informações adicionais:
Conteúdo abordado: A proposta deste workshop é compartilhar com os participantes uma experiência única de gestão do conhecimento aplicada à concepção, desenvolvimento e até reposicionamento de um produto ou serviço. Design é comunicação de valores e há anos deixou de ser projeto tornando-se peça-chave para a viabilidade e o sucesso de uma marca, um produto, um serviço ou um ambiente. Pensar o design de forma estratégica, com um veio processual e multidisciplinar é o desafio das grandes corporações no mundo.

 

Workshop de Eco design e Sustentabilidade, com Christian Ullmann
Data e horário: 26/10/2011 das 9 às 17 horas (intervalo de 1 hora para almoço)
Preço: R$ 60,00
Informações adicionais:
Conteúdo abordado: A proposta do workshop é apresentar os conceitos contemporâneos para a criação e desenvolvimento de mobiliário e objetos. A partir do histórico das mudanças socioambientais das quatro últimas décadas a aplicabilidade do design sustentável hoje. Apresentação de cases nacionais e internacionais. O Objetivo é apresentar o design como uma poderosa ferramenta na tomada de decisões e desenvolvimento da nova geração de bens de consumo. Os participantes terão a oportunidade de aprender conceitos e estratégias para o desenvolvimento de produtos, que podem ser aplicadas imediatamente após o término do workshop.

 

Workshop de Inovação e Tendências, com Marcelo Teixeira e Christian Ulmann
Data e horário: 28/10/2011 das 9 às 17 horas (intervalo de 1 hora para almoço)
Preço: R$ 60,00
Informações adicionais:
Conteúdo abordado: O Design sempre foi pensado como uma roupagem ou mero acessório na área de concepção do produto. E por consequência dois termos vieram à tona com ele. “Trends & Innovation”. Entretanto, em mercados altamente competitivos, a formação estratégica é cada vez mais exigida aos profissionais que atuam nos desenvolvimentos que agregam valor, oportunidade e experiências positivas ao cliente. Dessa forma o workshop vem provocar uma discussão conceitual a respeito do pensamento do design como ferramenta estratégica de comunicação, além de desmistificar alguns conceitos errôneos a respeito da Inovação e Tendência. Serão apresentados além de fatos históricos e cases de sucesso, um panorama comparativo dos cenários nacional e internacional sob a ótica das feiras, revistas, blogs entre outros.

Corre que ainda dá tempo!!!

O R Sul esse ano é na ilha da magia! Floripa, coisa linda de Deus!

Acontece já agora nesse final de semana, de 15 a 18 de setembro.

Quer saber como se prepara uma reviravolta?

1 Misture a linguística, a lógica-matemática, o espaço, a música, o corporal-cinestésico, o interpessoal, o intrapessoal, o naturalista e o existencial, a audição, a visão, o tato, o olfato e o paladar

2 Coloque tudo no forno por uma noite

3 Retire do forno e bata a mistura com experiências antigas

4 Coe tudo com uma belíssima peneira

5 Cubra o seu rosto com o material

6 E também o corpo

7 E a pele dos seus amigos

8 Também dos inimigos

9 E as paredes

10 E o chão, e o céu

11 Coma os rejeitos que ficaram na peneira (ou ofereça gentilmente pra alguém que comeria)

 

E como você se prepara para uma reviravolta?

 

R DESIGN SUL: REVIRAVOLTA – o design de nove cabeças

Período: de 15 a 18 de setembro de 2011
Endereço: Av. Luiz Boiteux Piazza, 4810, Ponta das Canas – Cep 88056-000 – Florianópolis, SC – Brasil
Mais informações pelo site http://rfloripa2011.com/reviravolta-o-design-de-nove-cabecas

O Simpósio Internacional de Design Sustentável (ISSD), organizado em conjunto com o Simpósio Brasileiro de Design Sustentável (SBDS), é um dos mais importantes eventos científicos da América do Sul sobre a relação do Design com a Sustentabilidade.

 

Realizado a cada 2 anos, teve sua primeira edição em 2007 na cidade de Curitiba-PR, com a organização da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A segunda edição aconteceu em 2009 na cidade de São Paulo, com a organização da Universidade Anhembi Morumbi. Este ano (2011), o evento irá ocorrer entre os dias 29 e 30 setembro e será acolhido pelo pela Universidade Federal de Pernambuco (Recife).

 

O evento será organizado conjuntamente pelo departamento de Design (CAC) e pelo Núcleo de Design (CAA) da UFPE e reunirá designers, profissionais, acadêmicos, governo e indústria para discutir conceitos, cenários, projetos, ferramentas e metodologias sobre a concepção e contribuição para uma sociedade mais sustentável. O tema será “novas fronteiras da sustentabilidade”. A proposta é integrar diversas áreas do conhecimento científico para ampliar as relações do design com a sustentabilidade, através dos seguintes temas: (1) Consumo e novos estilos de vida; (2) território, cultura e identidade cultural para a sustentabilidade; (3) metodologia e sistema/produto, serviço e produto+serviço; (4) habitação, mobilidade e novos cenários sustentáveis; (5) educação e sustentabilidade; (6) tecnologia e aspectos técnicos da sustentabilidade; (7) perspectivas dos países e novas práticas emergentes de sustentabilidade.

 

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE DESIGN SUSTENTÁVEL + SIMPÓSIO BRASILEIRO DE DESIGN SUSTENTÁVEL
Período: de 29 a 30 de setembro de 2011
Local: Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Endereço: Av. Prof. Moraes Rego, 1235 – Cidade Universitária, Recife – PE – CEP: 50670-90
Mais informações pelo site http://www.sbds2011.com/

Amanhã termina o Salão Design São Paulo e hoje dei um pulinho lá pra conferir de perto o evento.

Pra começar, fui andando. Da minha casa pro Parque do Ibirapuera é quase uma reta, cerca de 3km. O clima hoje à tarde em São Paulo estava delicioso e a caminhada foi muito prazerosa.

Avenida 23 de Maio da Passarela Ciccilo Matarazzo

Ao mesmo tempo, ao lado, no Pavilhão da Bienal, estava acontecendo da SPFW. Ou seja, o estacionamento estava impraticável. Por que as pessoas ainda insistem em se deslocar de carro em São Paulo? Enfim, maquiagens e cabelos à parte, o que me interessava estava na Oca.

À primeira vista a exposição não me conquistou, no piso térreo tinha poucos produtos e um espaço sem ocupação, que passava uma incômoda sensação de vazio. A surpresa ficou reservada para o subsolo.

“A base conceptual da montagem e cenografia do Salão Design São Paulo, da autoria do arquiteto Marco Brajovic, baseia-se nos paradigmas da cidade. Uma cidade que não se define por um master plan, mas por uma organização de parâmetros de “relacionamentos” entre as funções, público e o espaço emblemático da OCA, da autoria de Oscar Niemeyer. Esta aparente cidade é complexa, articulada, orgânica e sensual: envolve o público numa experiência sensorial, apresentando os conteúdos de forma clara e relacionando os mesmos, através de um caráter íntimo e empático com os visitantes.” Miguel Rios

Ainda no térreo, uma instalação bonita, vermelha e com o som de uma voz rouca (e sexy =x) expunha produtos intrigantes, entre eles, a luminária DANAE, de Maurizio Galante e Tal Lancman.

Luminária DANAE

“Por convite de Anne Dellançon, o diretor do Boffi Bains Paris showroom como parte do Designer’s Day 2007, Maurizio Galante e Tal Lancman cobriram todo o teto com 25000 saquinhos de água. A água é o ponto de partida. A instalação é inspirada na história de amor impossível entre Danae e Zeus. Este, para possuí-la transforma-se em chuva dourada. Desta união nasce um filho, Perseus. Longe da materialidade dos banheiros, INTERWARE retorna à fonte, a gota d’água. A primeira luminária líquida Danae foi desenvolvida a partir desta instalação efêmera. Juntou o incompatível: água e eletricidade. Marcou o início da colaboração em luminárias e outros produtos.”

Cubo mágico, Ház Design

Gosto de design tangível, usável. Essa mesinha me conquistou. Além de linda, ela tem funcionalidade. Adorei. Foi o meu produto preferido do Salão.

Objetos em papelão, Sabrina Arini

Pra fechar, essa fofura. Animais em papelão. Apaixonantes!

Agora já chega! Quem quiser saber mais do Salão tem até amanhã pra correr lá e ver tudo de pertinho.

Apareça e entre pro clube do: EU FUI!!!

Eu fui! Salão Design São Paulo

 

“O Prêmio Tok&Stok de design Universitário, criado no ano de 2006, é voltado a estudantes de design de produto de todo o Brasil e propõe um desafio: a criação de um móvel ou sistema construtivo sob um tema específico.

Seu principal intuito é contribuir na formação dos jovens designers brasileiros, aproximando-os do mercado de trabalho e promovendo a habilidade individual para o desenvolvimento de produtos adequados à realidade social, cultural e tecnológica do Brasil.” Fonte: Site da Tok&Stok

 

O tema de 2011 é MULTIFUNCIONAL.


As inscrições estão abertas até o dia 30 de junho de 2011.

Para consultar o regulamento, clique aqui

Para inscrever-se clique aqui

 

 

Boa sorte!!!

Estudos de um banheiro DECA

Gostaria de  mostrar pra vocês a minha proposta de banheiro para uma senhora de 70 anos, que após uma queda, decidiu reformar seu banheiro. Essa é a terceira opção de projeto da XVI edição do Concurso Estudos de um Banheiro DECA. Vamos lá:

Banheiro projetado buscando remeter aos anos dourados da cliente, quando a mesma rodopiava sobre o tablado do Teatro Municipal.

Atualmente, as piruetas não são mais permitidas e a segurança é fator de extrema importância em um banheiro que se propõe a ilustrar o belo cenário da dança, aliado às medidas cabíveis para garantir a integridade física da usuária.

A grande parede de espelho relembra os clássicos estúdios de ensaio de balé e as barras, que outrora serviam para apoiar o corpo nos passos precisos da dança, agora estão presentes para dar segurança na mobilidade dentro deste ambiente.

DECA-1-CONCEITO

DECA-2-ALVENARIA

DECA-3-LAYOUTEXPRESSIVO

DECA-4-CORTE

DECA-5-CORTE

DECA-6-PRANCHAESPECIAL

DECA-7-PERSPECTIVA-1

DECA-8-PERSPECTIVA-2

DECA-9-LAYOUTTÉCNICO

DECA-10-FORRO

DECA-11-ACABAMENTOS

DECA-12-ORÇAMENTO-1

DECA-13-ORÇAMENTO-2

Gostaria de mostrar pra vocês um pouco do último trabalho desenvolvido na disciplina Novas Tecnologias e Tendências, na FMU. Ele foi desenvolvido por mim e Juraci e orientado pela Professora Renata Malachias.

Identificação de Tendências na Evolução do Banheiro nos últimos 100 anos

Percebemos, a partir da análise da tabela construída, que toda a evolução que o banheiro sofreu se deu por uma necessidade básica do ser humano: a higiene.

A busca incessante por assepsia foi elemento primordial na elevação do banheiro a um cômodo aprazível.

Dessa forma, apontamos como principal motivo das mudanças sofridas pelo banheiro ao longo do tempo, a vontade de ter um ambiente saudável e agradável para a descompressão diária, do stress, do cansaço, da vida cotidiana em geral.

Listamos a seguir as tendências que mais nos chamaram atenção:

Referentes à localização: os banheiros deixaram de ser de uso público e passaram a ser de uso familiar. Com o passar do tempo, deixam o uso familiar e passaram ao uso individual. Identificamos duas tendências distintas para o futuro: os banheiros individuais e tecnológicos e os banheiros SPA, com mais funções.

Referentes à configuração: a tendência predominante foi a individualização e a personalização. Até em banheiros usados por mais de uma pessoa, como um casal, ou irmãos, cubas, armários e cabines de banho e íntima são individualizadas.

Referentes às dimensões: dos banhos em termas aos banheiros de aviões. O homem tem aprendido, neste mundo cada dia mais populoso a aproveitar os espaços. Os banheiros, no decorrer do tempo e no geral, são menores, mas aparecem em maior quantidade nas residências. Citamos novamente as duas tendências futuras mais evidentes. Primeiramente os banheiros “micro”, com equipamentos para as necessidades básicas e espaço reduzio. E em seguida os banheiros SPA, com áreas generosas, para descanso e lazer.

Referentes à proporcionalidade: Na história recente do Brasil, mais especificamente nos cem anos analisados, observamos proporções humanas nos banheiros. Os equipamentos são produzidos de acordo com medidas antropométricas cuidadosas promovendo o conforto e o bem estar do usuário. Com o aparecimento das salas de banho ou SPA’s residenciais, os banheiros ficaram maiores, mas não perderam a importante escala humana.

Referentes às formas: com o passar do tempo e com o avanço dos estudos relacionados à ergonomia, os equipamentos passaram cada dia mais a contemplar a satisfação do usuário. Assim, a tendência relacionada à forma engloba a evolução do estudo da ergonomia e as formas são criadas com o objetivo de promover o uso confortável. Não observamos grandes mudanças no formato da bacia sanitária, mas com o auxílio do design surgiram modelos com formas mais retas, que fogem à tendência predominante do conforto. As cubas já fugiram um pouco das linhas arredondadas e apareceram em grande quantidade em formas quadradas e retangulares. Os chuveiros deixaram de ser apenas da parede e saem do teto e até foram substituídos em alguns casos pela ducha manual. Nas formas, então, destacamos como tendências os equipamentos produzidos associados ao conforto, com linhas retas e curvas, a depender da conveniência do projeto.

Referentes aos equipamentos: as maiores tendências e evoluções relacionadas aos banheiros estão presentes nos equipamentos. Ressaltamos o surgimento e a permanência de produtos que auxiliem na redução e no uso consciente da água. Desde sistemas de descarga com diferentes quantidades de água, torneiras com sensores, chuveiros com temporizadores, etc.

Referentes aos revestimentos: a principal tendência relacionada aos revestimentos empregados nos banheiros é a busca pela menor quantidade possível de juntas, devido à proliferação de fungos e bactérias nestes espaços com a umidade característica. Assim, obedecendo, claro, o limite para o caimento, são aplicados no banheiros pisos grandes e com fácil manutenção. Apostamos nas resinas sintéticas para substituir as paginações em pedras, cerâmicas e porcelanatos atuais.

Referentes às cores: tivemos algumas oscilações fortes referentes ao uso das cores nos banheiros, a maioria das mudanças radicais foi influenciada por movimentos artísticos e culturais. No início do século tínhamos banheiros monocromáticos, no meio do século vieram as cores fortes e berrantes e no final do mesmo, com a volta intensiva da busca pela assepsia, os banheiros brancos e com aparência de limpos e livres de micróbios. Já para o início do século XXI temos materiais artificiais mais coloridos e, com o advento da personalização, as pessoas não querem ter banheiros iguais e para fugir do “mais do mesmo” procuram aplicar cores e estampas aos seus ambientes íntimos.

O Banheiro de 2031

Nossa proposta é de um banheiro compacto, uma das tendências identificadas para os banheiros do futuro.

Acreditamos que em 2031 a preocupação com a quantidade de água potável presente no planeta será muito grande e o consumo não será tão irresponsável como hoje ainda é, infelizmente.

Nosso banheiro ocupa um espaço muito pequeno, o que pode promover até um aumento de áreas sociais das residências, ou mesmo o aumento do quarto, ao incorporar o espaço dispensado pelo banheiro.

Terá uma configuração simples e poderá ser usado por uma ou mais pessoas. Contará com dimensões modestas, que permitam o uso de uma pessoa por vez. As proporções humanas serão estritamente rigorosas, para evitar ao máximo o desperdício de espaço. Suas formas serão predominantemente arredondadas, visando o bem estar do usuário.

Seu maior diferencial é o seu equipamento único, pois ele reúne todos os equipamentos corriqueiros do banheiro em um só eixo, que gira de acordo com a necessidade de uso. Esse equipamento poupará a perda de tempo na compra e na combinação de equipamentos distintos e contará com módulos personalizáveis. Ele também poupará o consumo de energia e de água.

Inspiração

Todas as casas deverão conter uma estação de tratamento de água e o consumo da água do chuveiro e do lavatório, depois de tratado, será reutilizado na descarga.

Todas as funções do banheiro serão comandadas a partir de um computador embutido no painel em aço espelhado acionado através de touch screen.

Os revestimentos mais usados atualmente vão desaparecer do banheiro e nele somente serão usadas resinas acrílicas que excluam em definitivo juntas e possibilidade de proliferação de fungos e bactérias.

As cores serão completamente livres, pois os corantes artificiais evoluirão bastante. O cliente vai poder escolher qual a cor que mais lhe agrada.

Vamos lá ao projeto!!!

BANHEIROdoFUTURO1

BANHEIROdoFUTURO2

BANHEIROdoFUTURO3

BANHEIROdoFUTURO4

BANHEIROdoFUTURO5

BANHEIROdoFUTURO6

BANHEIROdoFUTURO7

BANHEIROdoFUTURO8

BANHEIROdoFUTURO9